CAMINHO DA FELICIDADE É TEMA DE PALESTRA NA FUA

 



Caminho da Felicidade é tema de palestra na FUA

Estela Casagrande
Notícia publicada na edição de 25/02/2010 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 4 do caderno A - o conteúdo da edição impressa na internet é atualizado diariamente após as 12h.
 
  • Fábio Rogério
    O consultor e jornalista Michael Winetzki falou ontem aos colaboradores e convidados da FUA

Colaboradores da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA) e convidados participaram ontem de palestra no auditório do Jornal Cruzeiro do Sul proferida por Michael Winetzki, empresário, jornalista e consultor de empresas, especializado em marketing, programas de motivação e Qualidade Total.

A palestra, proferida em dois horários, manhã e noite, discorreu sobre “O Caminho da Felicidade”, livro do autor que interpreta de maneira simples e prática as regras da cabalá (visão mística e numerológica das escrituras hebraicas), onde segundo o autor, “Deus criou o mundo escrevendo as letras do alfabeto hebraico e cada uma das letras conteria um mistério, uma regra para que a humanidade consiga ser feliz.”

A palestra é cheia de exemplos pessoais do autor, israelense de nascimento mas que viveu em Sorocaba entre os 6 e os 18 anos, onde entre outras coisas, cursou “Química Industrial” no Liceu Pedro II, antes de se dedicar ao estudo do Direito. Como jornalista, Winetzki trabalhou no Jornal Cruzeiro do Sul nos anos de 1968 e 1969.

O autor especializou-se em comércio internacional e realiza palestras em diversos países sobre seus estudos, principalmente da cabalá, entusiasmando as plateias.

Ao se apresentar para os funcionários do Cruzeiro do Sul, Winetzki relatou brevemente como foi a chegada ao Brasil, ainda menino, e de como seguia a vida de maneira muito satisfatória quando na mesma semana descobre que tem um câncer e perde o emprego. “E foi então que as coisas começaram a mudar”, ele conta.

A partir deste ponto, a trajetória ganha cores fortes e lances novelescos, não fosse tudo verdade e o autor estivesse ali, em carne e osso, explicando que “O Caminho da Felicidade” é possível, independente de todo e qualquer obstáculo que se coloque diante do ser humano. “Deus dá o frio conforme o cobertor”, ele simplifica, quando poderia filosofar.

Ao final da palestra saem todos com a fé renovada, sem que ele tenha dito sobre esta ou aquela religião. Na verdade, a dúvida persiste: afinal ele é judeu ou cristão? O que importa?

Importa é que depois que ele e a esposa foram curados de câncer, percebeu que sua missão é passar o que aprendeu, estudando a cabalá, para os semelhantes, em palestras beneficentes que realiza pelo mundo todo. Em troca de cestas básicas que repassa aos necessitados, ele conta histórias que mostram caminhos.

No site do autor é possível conhecer um pouco mais sobre sua vida e sua obra e a agenda das próximas cidades onde estará. Empresas interessadas em suas palestras podem entrar em contato também pelo site. www.michaelwinetzki.com.br.

NÃO JULGUE SEM CONHECER

 Pense antes de responder, conheça antes de julgar. Nestes tempos de pandemia, informações desencontradas e contra informações frequentes eu...