SETE ANOS E MAIS - Roberto Ribeiro Reis





Feito todo Mestre Maçom,

Experimentei o que é bom,

A Acácia me é conhecida;

Aprendi que viver é a sorte,

E que através da morte

Começa-se uma nova vida.


Que, aliás, bem atrevida

Não dá pistas sobre a partida,

Tratando-nos de simples mortais;

O vaidoso cai no fundo do poço,

Sua pele se desprende do osso,

Ainda que tenha sete anos e mais..


Ademais, quando vejo o caixão

Sinto de perto o que é solidão,

Distante de todos no esquife;

Sei que todo esse sofrimento

É para servir de ensinamento

Da sina do Mestre Hiram Abiff.


Não tenho noção de espaço e hora,

Meu corpo se apodrece, e agora

Eu já não sei mais o que faço;

Quero romper o vulgo da matéria,

E renascer sem a antiga miséria,

Tendo no espírito o bom compasso!

Comentários