A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO DA HISTÓRIA DA MAÇONARIA BRASILEIRA



Para o orador romano Cícero, a história era a "mestra da vida". Com esta expressão, Cícero queria dizer que por meio dos exemplos do passado, dos sofrimentos e sucessos, das tragédias e dos grandes feitos das gerações anteriores, podemos extrair lições para nos orientar no presente, diante dos inúmeros problemas que se apresentam.

No entanto, não valorizamos os exemplos do passado ,porque atualmente o estudo da história não é visto como utilitário e de efeito imediato para a vida, quando deve ser visto de forma pragmática, isto é, ,que ela pode fornecer elementos para ação na vida prática, tais como: compreensão alargada da sociedade e da cultura, perspectiva crítica sobre fenômenos políticos, entendimento das diferenças entre as pessoas, os países e as civilizações e uma série de outras contribuições.

A historia é uma ciência que estuda a vida do homem através do tempo. Ela investiga o que os homens fizeram, pensaram e sentiram enquanto seres sociais.

A História é feita por homens, mulhere, crianças, ricos e pobres, por governantes e governados, por dominantes e dominados, pela guerra e pela paz, por intelectuais e principalmente pelas pessoas comuns, desde os tempos mais remotos.

Ao estudar a história nos deparamos com o que os homens foram e fizeram, e iso nos ajuda a compreender o que podemos ser e fazer.

Assim, a história é a ciência do passado e do presente, mas o estudo do passado e compreensão do presente não acontecem de uma forma perfeita, pois não temos o poder de voltar ao passado e ele não se repete.

A história não se resume à simples repetição dos conhecimentos acumulados. Ela deve servir como instrumento de conscientização dos homens para a tarefa de construir um mundo melhor e  saber a história de uma nação significa resgatar e preservar a tradição daqueles que contribuiram para que chegassemos ao ponto em que nos encontramos.

Assim, também, nós maçons devemos proceder com relação ao estudo de nossa história maçonica, sua gênese, seus primórdios, sua contemporaneidade, sua modernidade e procurar projetar o seu futuro.

Estudar a vida de nossos irmãos que no passado lutaram por um Brasil independente, por uma Maçonaria forte, e que se tornaram heróis da Ordem e da Pátria brasileira, é nossa obrigação. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO JULGUE SEM CONHECER

 Pense antes de responder, conheça antes de julgar. Nestes tempos de pandemia, informações desencontradas e contra informações frequentes eu...